quinta-feira, 10 de março de 2011

Lobão ataca coloridos e cria polêmica no Twitter


Antonio

Primeiro post sobre música no JN Jornal Nerd, hein? E o que eu trago pra vocês? Um texto pra refletir sobre estilos musicais. Se querem saber minha opinião, estou do lado do Lobão. Tecnicamente falando (toco violão há 7 anos, tenho um canal no YouTube, então acho que posso falar algo), não considero esses caras grandes coisas. Por outro lado, acho que gosto é gosto, cada um ouve o que quiser, então não tenho discutido sobre gosto musical ultimamente. Até porque cada um tem o livre arbítrio para usar seus ouvidos como quiserem, dar pros outros usar de privada, enfim. Não vou negar que eu também ouço lá meus trashs que ninguém suporta... Um abraço a todos e até a próxima.

Sempre afiado, o cantor Lobão conseguiu provocar a ira de coloridos e sertanejos e, de quebra, conquistou três lugares de destaque nos Trending Topics do Twitter. O motivo? Uma entrevista ao programa “Pânico”, da rádio Jovem Pan, em que ataca Fiuk, Restart e Luan Santana. Ouça o podcast aqui.

A atração foi ao ar na semana passada, mas foi nesta quinta-feira que a confusão tomou forma. E não é para menos: para Lobão, Fiuk é um “bunda mole” e a banda Restart é uma “aberração da natureza”. Já Luan Santana foi classificado como uma “coisa horrorosa”, que provoca uma “cicatriz no cerebelo” de quem o escuta.


Em tempos em que a informação se propaga mais rápido que a luz, é óbvio que tanta honestidade não passaria incólume. Fãs ofendidos trataram logo de criar a hashtag #calabocalobao e não economizam nas críticas ao cantor. “Noooooossa que cara ridículo, como ele pode falar uma coisa dessas e achar que tá certo? velho babaca”, dizia um comentário. “Um viciado não tem o mínimo direito de falar mal dos Ídolos Teens”, comentava outro.

O empresário de Luan Santana também entrou na discussão e questionou a história de vida de Lobão, que inclusive será levada aos cinemas. “Ouvi você falando mal do Luan, Restart e do sertanejo na Pan. Você sim deve ser um bom exemplo pela sua história, né?”, postou o empresário no microblog.

Mas as vozes, ou melhor, os tuítes em favor do cantor não tardaram a surgir. Sob a hashtag #falalobao e #Lobao, admiradores e haters do estilo adolescente saíram em sua defesa. “Tiro meu chapéu pra vc Lobão, parabéns por falar verdade sobre essas aberrações musicais Restart, Luan Santana e Fiuk”, falava um dos comentários. Teve gente, inclusive, que pediu à presidenta Dilma que indique o artista para Ministro da Cultura.

Para quem critica abertamente a MPB e Caetano Veloso, soltar um comentário ácido sobre modinhas adolescentes não é nada. Lobão gosta de ver o circo pegar fogo e, enquanto fãs se degladiam, ele se diverte com a polêmica: “Mas chega a ser aprazível; fazer a digestão cercado de idiotas ofendidos por todos os lados..muito engraçado...e divertido!”.

E você, de qual lado está? Deixe seu comentário e conte para a gente o que achou dessa polêmica!

Fonte: Lobão ataca coloridos e cria polêmica no Twitter | Blogs - Yahoo! Brasil OMG! Acesso em: 10/03/2011.

1 comentários:

Notícia em Verso disse...
10 de março de 2011 18:17  

Tem sido o assunto mais falado no Twitter atualmente
A crítica de Lobão aos cantores, ídolos dos adolescentes
Em programa da rádio Jovem Pan, ninguém escapou
Restart, Luan Santana e Fiuk: a todos ele provocou

Bem ao seu estilo, sem papas na língua, foi direto
Todos produzem músicas fracas, de pouco nexo
Não dão contribuição aos que ouvem sua canção
Letras pobres, açucaradas: em nada agregarão

Fiuk: “é um bunda mole, um cara inofensivo”
Mas para ser bom cantor precisa ser agressivo?
“Outra aberração da natureza” Restart, o colorido
Má referência para quem na vida procura sentido

“Luan Santana é coisa horrorosa, depõe contra a inteligência”
“Uma cicatriz no cerebelo”, ouvir esse sertanejo é imprudência
Sim, deve-se apoiar a música de conteúdo, poesia tem que ter
Mas não se esquecer que o som pode ser só divertimento, lazer

“Lobão não é exemplo de vida”, contra-atacou um empresário
Sua biografia atesta isso, mas não tira a força do seu comentário
Da geração de Renato Russo e Cazuza, ícones que sempre lembramos
Para quem o nível dos atuais está a léguas de distância, convenhamos

http://noticiaemverso.com
twitter: @noticiaemverso